A SBIm considera muito preocupante a Resolução nº 197 da Diretoria Colegiada (RDC) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 26/12/2017, que dispõe sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação humana.

O texto permite a qualquer estabelecimento de saúde realizar atividade de vacinação, incluindo farmácias e drogarias.

A entidade participou ativamente no período da consulta pública da proposta, com o envio de várias sugestões, e elaborou uma Nota Técnica sobre a questão, disponibilizada na página da entidade (sbim.org.br) em 14/07/2017. Na ocasião, já ressaltávamos algumas situações de risco que necessitam ser muito bem avaliadas na nova realidade.

Leia na íntegra.